Parques de Curitiba

Bosque do Alemão em Curitiba – Guia de Turismo em Curitiba PR

Curitiba é uma cidade rica em parque e praças, entre eles o Bosque do Alemão, frutos das gestões municipais anteriores que priorizaram este tipo de iniciativa e preservaram muitas áreas centrais para este fim. O Bosque do Alemão em Curitiba PR traz uma interessante combinação entre áreas verdes e a arquitetura antiga que foi preservada.

bosque do alemao entradaConheça o  Bosque do Alemão em Curitiba PR

O Bosque do Alemão foi inaugurado no ano de 1996 e leva este nome pois,  como muitos podem imaginar, preserva a história e identidade de imigrantes  da Alemanha  que vieram e se fixaram na cidade de Curitiba PR, em meados dos anos 1880. Vale ressaltar que este de migrantes muito contribuíram para o estilo de vida dos Curitibanos,  o que  é  fácil de perceber quando se observa o grande número de  bares, restaurantes  e  padarias que servem comidas típicas alemãs.

O Bosque do Alemão está localizado em uma grande área em um bairro conhecido como Jardim Schaffer. Inclusive, o nome do bairro em que está localizado o Bosque do Alemão é proveniente da família que residia  na região e lá mantinha uma famosa leiteira. Neste aspecto,  é possível contemplar no Bosque do Alemão alguns equipamentos da época que foram preservados.

Atrações do Bosque Alemão em Curitiba

Em termos de preservação das atrações do Bosque do Alemão,  é possível verificar que as gestões municipais enxergam relevância neste ponto turístico e mantém o local sempre limpo e bastante organizado para receber turistas de todos os lugares do mundo. Tanto é, que é possível encontrar  informações sobre a história em diversas línguas.

Entre os equipamentos está o Oratório de Bach – réplica de uma igreja presbiteriana de estilo neogótico que existiu no bairro do Seminário – que abriga uma sala de concertos, lanchonete com produtos típicos, guarda municipal e sanitários.

bosque do alemao em curitiba

Do jardim externo projeta-se a passarela ligada ao mirante, o qual está situado sobre a Torre dos Filósofos, uma torre com 15m de altura que, como os outros dois equipamentos, possui estrutura em troncos de eucalipto. Descendo a torre, chega-se ao Caminho dos Contos, uma trilha no interior do bosque que conduz o visitante à outra extremidade no ponto mais baixo do terreno.

bosque do alemao em curitiba caminho

bosque do alemao trilha

No meio do percurso, que conta a história de “João e Maria” dos irmãos Grimm através de painéis de azulejo, situa-se uma biblioteca denominada Casa da Bruxa (ou Casa de Contos), que é um espaço reservado para desenvolver o interesse pela leitura no público infantil. Diariamente, dezenas de crianças visitam o espaço e participam da “Hora do Conto”, onde bruxas e fadas fazem uma leitura teatralizada de contos infantis. A Casa é administrada pela Secretaria Municipal de Educação.

casa da bruxa bosque do alemao

Ao final da trilha, chega-se ao último equipamento: o pórtico que reconstitui o frontão da Casa Milla que, construída no início do século na Rua Barão do Serro Azul, representa um dos principais exemplares da arquitetura da imigração alemã. A varanda utilizada na réplica é a original.

bosque do alemao em curitiba pr

Dicas para aproveitar ao máximo o Bosque do Alemão 

Trata-se de um parque rico em atrações e que com certeza merece a sua visita. Para  aproveitar todas as atrações do Bosque do Alemão recomenda-se reservar no mínimo 4 horas para o passeio. Por  se tratar de local aberto e com muitas áreas verdes,  é  sempre bom lembrar que a ida ao Bosque do Alemão em Curitiba – PR exige protetor solar, óculos de sol, repelente, boné/chapéu e água para se manter bem hidratado. Ou seja, todos os equipamentos e aparatos para um belo passeio ao ar livre.

bosque do alemao em curitiba casa

Outra dica,  é aproveitar o nascer ou o pôr do sol no Bosque do Alemão,  pois a paisagem proporciona um belo show de cores nestes momentos do dia. Amantes de Engenharia e arquitetura também gostaram muito das construções que lá foram preservadas, Pois conservam traços e características que não são comuns de serem observadas em construções modernas.

bosque do alemao em curitiba natureza

Como é do conhecimento de todos, Curitiba é uma cidade muito bem servida no aspecto do transporte público,  tanto em dias de semana como também nos finais de semana e feriados. Desta forma,  você poderá chegar  de ônibus ao Bosque do Alemão facilmente.  Veja os melhores caminhos no final deste artigo. Para quem vai de carro ou de Uber  ou  táxi basta perguntar ou inserir Bosque do Alemão que será facilmente localizada. Trata-se de ponto turístico bastante frequentado e comum no cotidiano dos curitibanos.

Video sobre o Bosque do Alemão em Curitiba

Dicas Finais…

Por fim,  a nossa última dica é que quando você for ao Bosque do Alemão, programe o seu roteiro para aproveitar os demais pontos turísticos de Curitiba que existem nas redondezas,  uma vez que o parque está localizado em área Central da cidade e muito próximo a outras praças e parques que valem a pena a visita. Ah, também vale citar que a entrada no Bosque do Alemão é gratuita.

Aproveite este belo passeio pelo Bosque do Alemão e conheça um pouco mais sobre estes imigrantes que deixaram as suas marcas na construção de Curitiba PR.

Endereço: Rua Nicolo Paganini com Rua Schubert – Vista Alegre. Entrada também pela Rua Francisco Schäffer.

Área: 38.000 m2.

Horário de funcionamento: 8 às 18 horas.

Histórico: inaugurado em 1996 no local onde funcionava a leiteria da família Schäffer, inclui o Oratório Bach (réplica de uma antiga igreja presbiteriana onde funciona uma confeitaria), o mirante da Torre dos Filósofos, a Trilha de João e Maria, com painéis de azulejo que contam a fábula dos Irmãos Grimm, a Casa da Bruxa, com biblioteca e hora do conto, e o pórtico que reproduz o frontal de uma antiga casa com arquitetura alemã no Centro da Cidade (fonte: IPPUC e Prefeitura de Curitiba).

Informações gerais:

Área: 38.000 m2
Localização: Rua Francisco Schaffer x Rua Nicolo Paganini x Rua Franz Schubert
Bairro: Vista Alegre/Jardim Schaffer
Ano de Implantação: 1996
Acesso: Gratuito
Fauna: Morcego, gambá, sabiá, beija-flor, pula-pula, bispo, limpa-folhas.
Flora: Canela, espora-de-galo, guabiroba, açoita-cavalo, miguel pintado, timbó, pitangueira, paineira e algumas espécies introduzidas, como o pinus.
Equipamentos: Sala de concertos, casa de chá, lanchonete, sanitários, passarela, mirante, torre, biblioteca e portal. Casa da Bruxa – Contação de Histórias – Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação – 3568-1087 /  ([email protected])

Linhas de ônibus para chegar ao Bosque do Alemão:

Jardim Mercês-Guanabara (atrás da Catedral)
Interbairros II
Primavera e Bracatinga (Travessa Nestor de Castro)

Veja Também : Parque Tanguá , Jardim Botânico.

Jardim Botânico em Curitiba – Guia Turismo em Curitiba

O Jardim Botânico de Curitiba é um ícone das atrações turísticas da cidade. Simplesmente imperdível! Quem vier para Curitiba e não for ao Jardim Botânico com certeza não conheceu completamente a cidade. Então, vamos falar o que de tão especial este ponto turístico nos reserva?

estatua jardim botanico

Curitiba é uma cidade rica em parque e praças, entre eles o Jardim Botânico, frutos das gestões municipais anteriores que priorizaram este tipo de iniciativa e preservaram muitas áreas centrais para este fim. O Jardim Botânico em Curitiba traz uma interessante combinação entre áreas verdes, trilhas e caminhos e, claro, a estrutura do jardim..

Conheça o Jardim Botânico em Curitiba PR

O Jardim Botânico está localizado em uma grande área em um bairro que também leva o nome de Jardim Botânico. Fica em frente de um dos campus da UFPR – Universidade Federal do Paraná.
O Jardim Botânico de Curitiba, inaugurado em 5 de outubro de 1991, é uma área protegida, constituída por coleções de plantas vivas, cientificamente reconhecidas, organizadas e identificadas, com a finalidade de estudo, pesquisa e documentação do patrimônio florístico do País, em especial da flora paranaense.

jardim botanico em curitiba jardim

Atrações do Jardim Botânico

Em termos de preservação das atrações do Jardim Botânico, é possível verificar que as gestões municipais enxergam relevância neste ponto turístico e mantém o local sempre limpo e bastante organizado para receber turistas de todos os lugares do mundo. Tanto é, que é possível encontrar informações sobre a história em diversas línguas. Os jardins normalmente se encontram muito bem cuidados e toda a estrutura é bem cuidada. É muito comum notar a presença de funcionários, independente do dia ou horário de visita.

Trata-se de um parque rico em atrações e que com certeza merece a sua visita. Para aproveitar todas as atrações do Jardim Botânico recomenda-se reservar no mínimo 6 horas para o passeio. Por se tratar de local aberto e com muitas áreas verdes, é sempre bom lembrar que a ida ao Jardim Botânico em Curitiba – PR exige protetor solar, óculos de sol, repelente, boné/chapéu e água para se manter bem hidratado. Ou seja, todos os equipamentos e aparatos para um belo passeio ao ar livre.

tudo sobre jardim botanico em curitiba

Um Parque Cheio de Historias…

O nome oficial é uma homenagem à urbanista Francisca Maria Garfunkel Rischbieter, uma das pioneiras no trabalho de planejamento urbano de Curitiba.
Dos seus 178 mil metros quadrados, mais de 40% de sua área total corresponde a um Bosque de Preservação Permanente, conforme a Lei Municipal nº 62 de 1986, com nascentes formadoras dos lagos.

Com 458 metros quadrados, a estufa de ferro e vidro, inspirada no Palácio de Cristal de Londres, abriga em seu interior, exemplares vegetais característicos das regiões tropicais. Emoldura a estufa um imenso jardim em estilo francês com seus canteiros geométricos. Também fazem parte da paisagem chafarizes e a escultura intitulada “Amor Materno” do artista João Zaco.

jardim botanico plantas

Jardim das Sensações no Jardim Botânico

Uma das atrações do Jardim Botânico é o Jardim das Sensações inaugurado em 2008 e tem por objetivo despertar no visitante, sem o uso da visão, os sentidos do olfato e do tato, através do contato direto com as mais de 60 espécies vegetais disponibilizadas no local.

O Jardim Botânico Municipal tem um grande potencial no processo de educar através de experiências diretas com o mundo natural. Neste espaço tão especial, são ofertadas atividades de Educação Ambiental, principalmente para alunos de todas as redes de ensino, voltadas a preservação ambiental. O Salão de Exposições com auditório, é um espaço disponível para a divulgação dos mais diversos trabalhos artísticos e científicos, estes correlacionados ao meio ambiente.

jardim botanico em curitiba

Outra dica, é aproveitar o nascer ou o pôr do sol no Jardim Botânico, pois a paisagem proporciona um belo show de cores nestes momentos do dia. Atente-se ao fato de que em feriados ou finais de semana o local normalmente fica lotado, sendo, inclusive, difícil encontrar estacionamento e até circular, tendo em vista o grande número de curitibanos e turistas que frequentam o local. Se o dia estiver ensolarado então, é certeza de Jardim Botânico lotado.

Como é do conhecimento de todos, Curitiba é uma cidade muito bem servida no aspecto do transporte público, tanto em dias de semana como também nos finais de semana e feriados. Desta forma, você poderá chegar de ônibus ao Jardim Botânico facilmente. Veja os melhores caminhos no final deste artigo. Para quem vai de carro ou de Uber ou táxi basta perguntar ou inserir Jardim Botânico que será facilmente localizado. Trata-se de ponto turístico bastante frequentado e comum no cotidiano dos curitibanos.

Video Sobre o Jardim Botânico

Dicas Finais…

Por fim, a nossa última dica é que quando você for ao Jardim Botânico, programe o seu roteiro para aproveitar os demais pontos turísticos de Curitiba que existem nas redondezas, uma vez que o parque está localizado em área Central da cidade e muito próximo a outras praças e parques que valem a pena a visita. Ah, também vale citar que a entrada no Jardim Botânico é gratuita.

Aproveite este belo passeio pelo Jardim Botânico. Caso goste de caminhar ou correr em praças e parques, recomendamos que escolha dias da semana, pois em feriados ou finais de semana a passada vai ficar prejudicada pela grande quantidade de pessoas. O Jardim Botânico é recomendável para todos os tipos de públicos.

Conta com bares e restaurantes e também oferece banheiros limpos e de fácil localização. Ainda, é possível comprar mudas e plantas de diversas plantas, como por exemplo as orquídeas.

Algumas Informações sobre o Jardim Botânico

Área: 178.000 m2
Localização: Av. Professor Lothario Meissner x Rua Engenheiro Ostoja Roguski
Bairro: Jardim Botânico
Ano de Implantação: 1991
Acesso: Gratuito
Fauna: Gambá, tatu, caxinguelê, preá, cutia, pequenos mamíferos, sapo, perereca, rã, bem-te-vi, João-de-barro, ananaí, sabiá-laranjeira, sabiá-cavaleiro, sanhaço, pomba asa-branca, chupim e gralha-picaça.
Flora: Araucária, imbuia, cedro, aroeira, pimenteira, pitangueira, bromélias e orquídeas.
Equipamentos: Estufa, Museu Botânico Municipal/Herbário, bistrô, jardim em estilo francês, Jardim das Sensações, lagos, fontes, pista de caminhada, sanitários públicos, loja, Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e estacionamentos.

Horário de funcionamento:

Do Jardim Botânico:
De segunda-feira a domingo.
verão: das 6h às 20h.
– inverno: 6h às 19h30

Do Jardim das Sensações:
De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 17h (podendo ser interrompida a visitação em caso de chuva ou condições climáticas adversas).

Contatos:

Administração do Jardim Botânico e Salão de Exposições/Auditório:[email protected]
Educação Ambiental e Jardim das Sensações: [email protected]
Herbário MBM: [email protected]

Ônibus:

Expresso Centenário/ Campo Comprido
Pinhais/Rui Barbosa
Cabral/Portão
Linha Turismo

Veja Também : Parque Tanguá

Parque Tanguá e suas belezas em Curitiba- PR 

parque tangua foto 02

O Parque Tanguá é um lugar amigável e pelo qual seus visitantes rapidamente se encantam. Praticamente todos os os principais pontos turísticos da cidade de curitiba estão localizados próximos ao Centro – o que torna tudo mais fácil e gostoso.

Levando a alcunha de cidade verde, a capital do estado do Paraná é um natural convite para longos e agradáveis passeios por seus diversos parques e bosques. Existem lá, cerca de 30 opções para quem é apaixonado pelo contato com a natureza e uma boa caminhada ao ar livre.

Atrações é o que não falta. Temos as capivaras do Parque Barigui, a estufa de vidro do Jardim Botânico e o belíssimo pôr do sol no Parque Tanguá, em Curitiba, são paradas obrigatórias para os turistas.

Parque Tanguá, em Curitiba

parque tangua foto 04

O Parque Tanguá, em Curitiba (PR), é dividido em dois: A parte baixa onde se tem belos lagos, pistas para caminhadas, um túnel por dentro das rochas e uma cachoeira artificial. Na parte mais alta ficam o mirante, de onde é possível assistir a um lindíssimo pôr-do-sol, e os jardins.

Tendo sua inauguração em novembro de 1996, pelo prefeito Rafael Greca, o Parque Tanguá envolve uma área de 23.5 hectares, preservando a natureza do local que antes seria destinado a se tornar uma usina de reciclagem de caliça e lixo industrial.

parque tangua foto 03

parque tangua foto 010

parque tangua foto 06

parque tangua foto 04

parque tangua foto 07

Jardim Poty Lazzarotto

parque tangua jardim

No dia 6 junho de 1998, o Prefeito Cassio Taniguchi inaugurou dentro do parque tanguá curitiba, o Jardim Poty Lazzarotto.

Entre as atrações da novidade: o acesso, um mirante à 65 metros de altura, cachoeira artificial e um amplo jardim francês, com espelhos d’água junto aos canteiros de flores. Esse belo cenário é de onde se projeta o belvedere, funcionando como um terraço elevado em meio a um tapete verde.

parque tangua foto 02

Nos três pisos do belvedere ficam espalhados decks metálicos, bistrô, banheiros públicos, loja e torres de observação – que proporcionam uma das principais e mais belas vistas do parque tanguá: pôr-do-sol.

O Jardim Poty Lazzarotto, criação de Napoleon Potyguara Lazzarotto – famoso artista plástico curitibano, nascido no dia do aniversário da cidade, em 29 de março de 1924 – eterniza e homenageia sua obra.

Ainda muito jovem, Poty costumava desenhar seus sonhos de criança em papel de presentes. Cresceu e sua arte está presente em diversas partes da cidade: gravuras em livros e revistas, murais, painéis, quadros, ruas e praças são alguns dos exemplos.

Fauna e Flora Diversificadas no Parque Tanguá

parque tangua fauna e flora

Por ter uma imensa extensão de área verde natural, o Parque Tanguá, em Curitiba, possui uma enorme variedade de espécies animais – principalmente pássaros – e plantas. É comum turistas ‘esbarrarem’ com alguns deles durante seus passeios; oportunidade para belas fotografias da natureza.

Não restam dúvidas: certamente essa é uma das mais belas e agradáveis atrações que a cidade de Curitiba tem a oferecer aos seus turistas; destino obrigatório no roteiro de viagem!

Serviço

Parque Tanguá, endereço: Rua Oswaldo Maciel | Pilarzinho, Curitiba, Paraná 82130-494, Brasil;

Entrada: Gratuita;

Horário de funcionamento:

Parque – Todos os dias das 8h00 às 18h00

Bistrô – Todos os dias das 9h00 às 21h00

Ônibus:

Nilo Peçanha (Travessa Nestor de Castro)

Vila Nori (a partir da Praça Tiradentes)